Entenda mais sobre Cuckquean, Cuckold e zelofilia

Fugindo um pouco a regra, hoje trago as vocês um texto de terceiros, pedi a permissão do Daniel Mesquita “Dom DeMarco” para publicar aqui um texto de sua autoria. Anteriormente já publicamos sobre cuckold como regra geral (link aqui), também tivemos esse outro post diferenciando tipos diferentes de relações à três (ou mais) que não são cuckold, e esse texto reforça vários desses conceitos e consegue ser um pouco mais preciso no que diz respeito a versão Maledom do fetiche, no caso, a cuckquean (corna).

 

 

Cuckold e Cuckquean estão ligados diretamente a ZELOFILIA!

ZELOFILIA é uma parafilia onde o prazer é derivado do ciúme, através de jogos ou cenas que o envolvam ou o provoquem. É o nome que se dá para a excitação sexual associada aos ciúmes

Uma fantasia que pode ser vivenciada por si só ou ser adaptada ao BDSM!

Cuckold: Corno.

Cuckquean: Corna.

Voyeurismo:Observar a relação sexual de outras pessoas.

Roleplay: Interpretação de Personagens.

Cuckold e Cuckquean podem ser vivenciados entre parceiros afetivos ou em uma dinâmica de Roleplay.

Cuckold: Prazer em saber que a parceira tem prazer com outra/s pessoa/s, ou ver a parceira ter prazer com outra/s pessoa/s…ou ainda participar em um contexto de provocação e/ou humilhação.

Hotwife: Esposa do Cuckold.

Bull: O/s amante/s.

Cuckquean: Prazer em saber que o parceiro tem prazer com outra/s pessoa/s, ou ver o parceiro ter prazer com outra/s pessoa/s…ou ainda participar em um contexto de provocação e/ou humilhação.

Cuckake: A/s amante/s

A fantasia de Cuckold é mais explorada mesmo que na sociedade predomine o Machismo. No meio fetichista é comum nos depararmos com Cuckolds e há toda uma atmosfera voltada a isso.

Já a fantasia de Cuckquean é pouco difundida e explorada.

Enquanto no Femdom é muito comum a inserção do Cuckold, no Maledom pouco se fala de Cuckquean.

O que mais se observa são discussões eternas sobre irmãs de coleira, mas pouco se fala sobre a Zelofilia e sobre Cuckquean.

No meio baunilha é comum uma série de indagações entre o casal ao se deparar com a fantasia Cuckquean como o medo da incompreensão do homem em entender que não será um “chumbo trocado”, ou seja não é porque a parceira deseja que ele se relacione com outras pessoas que ela vai querer também…até porque o próprio termo tem o significado de ser CORNA e não ser liberal para os dois lados. Já no BDSM muito se fala em humilhações de todos os tipos, mas pouco se aborda o tema Cuckquean.

Justamente um tema que joga muito com a mente e o emocional e dependendo do histórico afetivo da submissa pode não caber se o psicológico não estiver aberto para isso e/ou por vivermos em uma sociedade onde imperam as traições masculinas os efeitos disso em relações anteriores tenham sido traumáticos.

Normalmente a mulher é mais vinculada ao lado sentimental e por isso é bem mais difícil a recepção delas a essa fantasia pelo medo da perda pelo possível envolvimento amoroso do parceiro com a Cuckake (amante), ou seja, indo para além da relação estritamente sexual e fantasiosa de um jogo de provocação e/ou humilhação.

Consequentemente é uma fantasia pouco difundida, haja visto que no meio BDSM as submissas procuram o BDSM devido as infinitas possibilidades de jogos de poder, mas também muitas vezes são atraídas por um romantismo que idealizam na relação de Dominação/Submissão.

As submissas que idealizam o romantismo na relação D/S objetivam um entrega delas para o Dominador que possa ser um exemplar de homem honroso e justo, o que em suas mentes pode significar um homem diferente do mundo baunilha…em outras palavras…submissão em troca de fidelidade.

Também temos aquelas que não veem mal algum em irmãs de coleira, pois conseguem dissociar uma relação baunilha de uma relação de Dominação/Submissão.

Mas em ambos os casos ainda permeia uma barreira quanto a exploração da fantasia Cuckquean. Como se fosse uma afronta as conquistas da mulher na sociedade, ou ao amor que sentem ou a entrega delas para o dominador.

Com isso…se os Dominadores já encontram dificuldades em lidar com a questão de irmãs de coleira…imagine lidar com a exploração da Zelofilia.

A mulher tem que ser extremamente segura quanto as suas qualidades e quanto a sua relação para vivenciar essa fantasia, seja no meio baunilha, seja no BDSM.

A cuckquean sente prazer no orgulho que sente de seu parceiro proporcionar prazer a outras pessoas de tanto que lhe admira, ou gosta do prazer da humilhação por seu parceiro proporcionar prazer a outras pessoas…um prazer que poderia ser apenas dela, mas é compartilhado.

Muitos se sentem “travados” pelas palavras CORNO e CORNA devido a essas palavras culturalmente serem usadas em um sentido pejorativo associadas a traição, mas no universo Cucklod/Cuckquean não existe traição, pois é CONSENSUAL entre as partes a SIMULAÇÃO de traição em prol de uma fantasia.

A seguir estão enumeradas as mais variadas formas de se vivenciar essa fantasia e devem ser lidas com ATENÇÃO, pois algumas coisas podem parecer repetidas, mas na verdade contém muitos detalhes que fazem diferença.

LEIAM COM BASTANTE ATENÇÃO!

Haverá o prazer da Cuckquean sabendo, ou vendo ou ainda participando da relação sexual das seguintes formas:

– Sabendo que o parceiro se relaciona com outras sem que nada seja falado, embora tenha sido acordado.

– Sabendo e ouvindo de seu parceiro sobre suas aventuras sexuais, seja em uma conversa ou seja durante as relações sexuais entre os dois. PODENDO haver provocação enaltecendo as qualidades da Cuckake e/ou PODENDO desmerecer a Cuckquean ou ainda humilhando a Cuckquean.

– Vendo seu parceiro ter relação sexual com a Cuckake, mas apenas observando (Voyeurismo).

– Vendo seu parceiro ter relação sexual com a Cuckake e sendo provocada pelo parceiro enaltecendo as qualidades da Cuckake e sendo enfático no quanto está sendo maravilhoso estar com ela.

– Vendo seu parceiro ter relação sexual com a Cuckake, sendo provocada pelo parceiro enaltecendo as qualidades da Cuckake, sendo enfático no quanto está sendo maravilhoso estar com ela e/ou desmerecendo e/ou humilhando a Cuckquean.

– Vendo seu parceiro ter relação sexual com a Cuckake, sendo provocada pela Cuckake ao ser enfática no quanto está sendo maravilhoso estar com o parceiro da Cuckquean.

– Vendo seu parceiro ter relação sexual com a Cuckake, sendo provocada pela Cuckake ao ser enfática no quanto está sendo maravilhoso estar com o parceiro da Cuckquean e/ou desmerecendo e/ou humilhando a Cuckquean.

– A Cuckquean participando da relação sexual sendo provocada pelo parceiro e/ou pela Cuckake quanto as qualidades da Cuckake e enaltecendo a performace da Cuckake.

– A Cuckquean participando da relação sexual sendo provocada pelo parceiro e/ou pela Cuckake quanto as qualidades da Cuckake e enaltecendo a performace da Cuckake e/ou desmerecendo a Cuckquean e/ou humilhando a Cuckquean.

– A Cuckquean servindo de “auxiliar” da relação sexual, seja com carinho a um dos dois ou aos dois, ou servindo de apoio a posições sexuais, ou ainda participando da relação sexual apenas estimulando de alguma forma o parceiro ou a Cuckake ou os dois. PODENDO haver desmerecimento da Cuckquean e/ou humilhação pelo parceiro ou pela Cuckake ou pelos dois.

Há também o formato de Cuckquean que tem prazer em saber ou ver que o parceiro tem uma relação afetiva com a Cuckake, o que vai além do ato sexual em si, pois será uma Cuckquean por saber ou ver esse laço afetivo de seu parceiro com outra pessoa e senti ciúmes, mas esse ciúmes lhe dá prazer.

Obs 01: Todos as formas citadas acima de se vivenciar a fantasia Cuckqueam se aplicam também a fantasia Cuckold.

Obs 02: Cuckake pode ser uma ou mais amantes casuais, ou uma amante fixa, ou várias amantes fixas.

Obs 03: Relação sexual a três onde não haja provocação e/ou humilhação é apenas Menáge (sexo a três).

Obs 04: Não confundam Cuckold ou Cuckquean com Poliamor onde há um envolvimento afetivo com uma ou mais pessoas dentro ou fora da relação.

Obs 05: Ser Cuckold ou Cuckquean NÃO quer dizer que sejam pessoas fracas, ou estejam sendo enganadas, ou não satisfaçam seus parceiros sexualmente…são apenas pessoas que se abrem para explorar uma fantasia.

Obs 06: O relacionamento Cuckold ou Cuckquean poderá ser encaixado em uma relação de Dominação/Submissão ininterrupta, após o estudo aprofundado de como funciona uma relação nesse modelo.

A base de um relacionamento é a CONFIANÇA! Se há confiança um no outro e há o desejo quanto a essa fantasia…conversem sobre suas preferências, limitações e se permitam viver a fantasia!

Daniel Mesquita “Dom DeMarco!”

Você também pode gostar de

Alessio
Um nerd brasileiro apaixonado por fetiches relacionados a dominação feminina e feliz em apresentar esse conteúdo para as pessoas. Também é expert em feedar no lolzinho.

Deixar uma resposta

Top